Falamos os idiomas:

Programa – 1D

 

  • Welcome drink
  • Início da viagem com destino a montante da Marina do Freixo
  • Passagem pela praia fluvial do Areinho de Avintes
  • Passagem pela praia fluvial de Marecos
  • Passagem pela praia fluvial de Arnelas
  • Passagem pela praia fluvial de Zebreiros
  • Navegação para montante até à barragem de Crestuma-Lever
  • Passagem na eclusa da barragem de Crestuma-Lever
  • Paragem de 90 m para almoço (não incluído) num restaurante 
  • Alternativa picnic (não incluído) na ilha dos Amores 
  • Passagem na eclusa da barragem de Carrapatelo
  • Passagem pelo Porto Antigo 
  • Passagem por Caldas de Aregos
  • Navegação até à Régua

 

Lotação máxima por embarcação:

  • Seadouro 50 – até 14 Convidados
  • Seadouro 46 – até 13 Convidados
  • Seadouro 40 – até 10 Convidados

Conheça os nossos

Yachts no Porto

Nota: Clique no yacht para ver mais fotos

 

Serviços complementares:

 

Fotografia                         Concierge

Outros serviços ou comodidades:

  • Transfere de e para a Marina do Freixo
  • Serviço de bar e snacks a bordo
  • Revistas e/ou jornais
  • Stand up paddle
  • Mota de água
  • TV e Música
  • Rede WIFI
  • WC

 

Notas:

  • São permitidas bebidas e comida a bordo, sem custos adicionais, mas com consentimento prévio da empresa

Pontos de interesse

 

PONTE DO FREIXO

A Ponte do Freixo é uma ponte rodoviária que liga Vila Nova de Gaia ao Porto, sobre o rio Douro, em Portugal.

Das pontes que ligam o Porto a Vila Nova de Gaia, a Ponte do Freixo é a que está mais a montante do rio Douro.

Projecto de autoria do Prof. António Reis, a Ponte do Freixo foi construído na tentativa de minimizar os congestionamentos ao trânsito automóvel vividos nas Pontes da Arrábida e de Dom Luís I, particularmente notórios desde finais da década de 1980.

Trata-se, na verdade, de duas pontes construídas lado a lado e afastadas 10 cm uma da outra. A ponte tem oito vãos, sendo o principal de 150 m. É uma ponte rodoviária com oito vias de trânsito (quatro em cada lado), mas com um tabuleiro a cotas muitos inferiores à de todas as restantes pontes que ligam o Porto a Gaia.

A Ponte do Freixo foi inaugurada em Setembro de 1995 pela então Junta Autónoma das Estradas.

 

BARRAGEM DE CRESTUMA-LEVER

A Barragem de Crestuma-Lever está localizada no distrito do Porto, na bacia hidrográfica do Douro, no rio Douro, em Portugal, sendo a última barragem no Douro antes de atingir a foz. Inicialmente projectada para a freguesia de Crestuma, acabou por ser construída na freguesia de Lever. Desde 29 de Setembro de 2014 pertence à União de Freguesias de Sandim, Olival, Lever e Crestuma.

Além do armazenamento de águas e produção de energia eléctrica, serve de travessia pedonal e rodoviária para o concelho de Gondomar, na outra margem do rio.

Possui uma altura de 65 metros acima da fundação e um comprimento de coroamento de 470 metros. A capacidade instalada de produção de energia eléctrica é de 117 MW.

A barragem inclui no encontro esquerdo uma eclusa do canal de navegação do Douro, com um comprimento de cerca de 90 metros e uma largura de 12,1 metros, que vence um desnível máximo de 13,9 metros.

 

RIO INHA

O rio Inha é um dos afluentes da margem esquerda do rio Douro, que desagua entre a foz dos rios Arda (a montante) e Uíma (a jusante).

O rio Inha surge já na Idade Média com esta designação, sendo documentado em 1078 como riuulo ignia, em 1098 como ribulo ignea, em 1112 como rrilulo Ignea, e fluuio de Hinia em 1115.

Nasce no lugar de Belide, na freguesia de Escariz, concelho de Arouca, e passa pelas freguesias de Romariz, do Vale e de Canedo, ambas do concelho de Santa Maria da Feira.

Faz a divisão entre o concelho de Santa Maria da Feira e Gondomar tendo de passagem uma grande ponte que faz a travessia entre estes dois concelhos de distritos diferentes chamada Ponte do Inha do Engenheiro Edgar Cardoso.

É um rio que corre predominantemente escavado em encostas íngremes, sendo muito rico em pescaria fluvial nomeadamente a truta, bogas e barbos e para uns óptimos banhos de sol, dentro e fora de água

 

PRAIA DE MELRES

Praia fluvial semi-urbana, na margem direita do Douro, com excelentes acessos pela EN 108. Possui um extenso areal, e encontra-se dotada de área de apoio balnear constituída por Posto de Primeiros Socorros, WC e Bar.

A área envolvente à praia fluvial, oferece aos seus utilizadores os melhores equipamentos: parque de estacionamento, espaços verdes, um campo de jogos e um parque infantil.

Vigilância e Assistência a Banhistas: 15 de Junho a 16 de Setembro
Horário: Diariamente, das 09:30 h às 19:30 h.

 

ILHA DOS AMORES

Há uma pequena ilha deserta e paradisíaca no Douro. A Ilha dos Amores, assim é conhecida, merece uma demorada visita. Terra de mistérios e lendas, é um dos tesouros mais desconhecidos desta Região, mas também das riquezas mais encantadoras.

Pode não ser a Ilha dos Amores cantada por Luís de Camões nos seus Lusíadas, aquele paraíso que Vénus construiu para premiar os heróis lusitanos pelas suas conquistas, mas é uma Ilha encantadora no meio de um reino verdadeiramente “maravilhoso”… o Douro!

E esta “Ilha dos Amores” que falamos é bem mais que um mito. É uma realidade, apesar de parecer ter sido retirada das histórias mais românticas de todos os tempos. Esta é uma pequena ilha deserta, praticamente em estado bruto, no meio de um dos rios mais bonitos do mundo!

A formação desta ilha deve-se à subida das águas há centenas de anos atrás, que formaram um pequeno pedaço de terra que conta agora com 29 metros de altitude e 1400 m2.

A ilha, também conhecida como “Ilha do Castelo”, testemunha o cruzamento dos rios Paiva e Douro e marca o encontro dos distritos do Porto, Aveiro e Viseu.

E como quase todas as ilhas, está repleta de mistérios.

As lendas, algumas mais trágicas que outras, dão-nos conta de um amor proibido vivido há dezenas de anos atrás entre uma fidalga e o filho de um lavrador.

Já a História será um dia contada pelas ruínas de uma torre defensiva que prova que ainda há muito para descobrir no meio de uma paisagem tão sublime.

É um verdadeiro oásis que os olhos contemplam: desde plantas rasteiras a árvores altas e imponentes, o isolamento permitiu a conservação da sua genuína vegetação.

Aqui pode encontrar-se o pinheiro bravo e o pinheiro manso, os carvalhos, oliveiras, juncos, amieiros, entre outros.

Aqui parece que o tempo para. E o cheiro doce e fresco envolve-nos com o som do rio a correr e dos pequenos pássaros a cantar. A confusão das grandes cidades está longe… Passeie e contemple o “excesso de Natureza” que por aqui habita.

4 Comments

  1. Agosto 1, 2022 at 8:25 pm
    Teresa

    Seria possível alugar um barco para o próximo dia 8 de agosto para uma festa de anos?

    • Agosto 2, 2022 at 8:37 am
      info@seadouro.com

      Bom dia Sra. Teresa,
      Agradecemos o seu contato e a equipa já lhe enviou toda a informação solicitada.
      Cumprimentos náutico

      • Agosto 8, 2022 at 4:49 pm
        Liliana Teixeira

        Boa tarde, gostaria de saber o preço deste serviço para um barco 10 pessoas. Obrigada

        • Agosto 8, 2022 at 5:58 pm
          info@seadouro.com

          Boa tarde Sra. Liliana Teixeira,
          Agradecemos o seu contato e a equipa já lhe enviou toda a informação solicitada.
          Cumprimentos náutico

Adicionar comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Call Now Button
pt_PTPT
en_USEN pt_PTPT